Page archived courtesy of the Geocities Archive Project https://www.geocitiesarchive.org
Please help us spread the word by liking or sharing the Facebook link below :-)


Família Müller Sociedade dos Atiradores de Itajaí

 

Schützenverein Itajahy

SOCIEDADE DOS ATIRADORES DE ITAJAÍ

 

         A Sociedade dos Atiradores é uma instituição muito antiga e foi muito importante nas áreas de colonização alemã no sul do Brasil, importância só comparável à que conseguiu como corporação na Alemanha medieval, onde tinha por finalidade a defesa dos castelos feudais e das cidades em época de guerras

         Nas aldeias da Alemanha, onde as famílias residem em casas contíguas e as relações de vizinhança se desenvolvem normalmente, havendo convívio mais estreito entre os membros da comunidade, instituições como a Igreja e as sociedades recreativas (do tipo Schützenverein) não tiveram tanta importância. No Vale do Itajaí Mirim, em virtude do povoamento disperso, as festas tiveram grande importância para integrar os membros da comunidade colonial.

          No tempo da existência dos senhores feudais, descendentes da nobreza, que possuindo imensas florestas, realizavam grades festas de caça em suas propriedades. Amigos das mais distantes regiões vinham para as caçadas de confraternização, que duravam dias. No final era reunido o produto da caça, apurando-se quem mais caçou, e este era proclamado Rei da Caça. A ele caberia no ano seguinte reunir os convidados, nas nas suas propriedades e oferecer hospitalidade e caçada daquele ano.

          Antecediam à caçada, desfile e divertimentos os mais variados, com a participação dos familiares dos chefes de clãs. os brasões e estandartes dos nobres eram hasteados em locais destacados das reuniões para aqueles dias de caça e festas. O produto da caçada era transformado em banquete que se prolongava festivamente por dias. Terminada a festança, as famílias se retiravam e nova festa era aguardada no ano seguinte.

 

 

 

 

 

 

Foto do Clube de Atiradores de  Blumenau - SC

Acervo da Fundação Cultural de Blumenau - SC

 

 

Nas áreas coloniais, uma instituição era muito importante, tanto para manter as tradições como meio de reunir praticamente a maior parte dos colonos de origem alemã numa grande festa, trata-se do Schützenverein. Essa Sociedade de Atiradores existiu e ainda existe em todas as áreas de colonização alemã no sul do país e foi transportada na Alemanha tal como funcionava lá no século XIX. . A festa de atiradores (Schützenfest) era aguardada pela população com muita expectativa. Nesta festa, havia a oportunidade que o colono imigrante teria para encontrar-se com os seus amigos.

 

A primeira "Schützenverein Blumenau", foi fundada a 2 de dezembro de 1859, sendo seus fundadores: Friederenreich, Victor von Gilsa, Vitor Gartner, Dittmar Pettermann, Zimmermann e o Pastor Osvad Hesse.

 

 

 

     O Clube de Atiradores de Itajaí, foi fundado em 28 de abril de 1895, por um grupo de cidadãos de origem germânica radicados em Itajaí, e pertencentes a muitas das mais ilustres e tradicionais famílias locais. Foram sócios fundadores: Pedro Bauer, Guilherme Müller, Gabriel Heil, Julio Gern, Mathias Bauer, Alfredo Eicke, Julio Willerding, Otto Moldenhauer, Julio Galle, Emílio Palumbo, Joaquim Espíndola e João Rodrigues Pereira.

     Em Itajaí, Cem anos de Município, de Laércio Cunha e Silva, é citado que em 1899, presidia a Sociedade o Sr. Gabriel Heil, e compunham a diretoria ainda, os Sr.s João Rodrigues Pereira, Otto Moldenhauer, Emílio Palumbo, Júlio Galle e Pedro Bauer.

Na eleição de 06 de janeiro de 1899 foram eleitos: Presidente: Paulo Bauer, Vice: Julio Galle, Tesoureiro: Otto Moldenhauer, Secretário: Emílio Palumbo, Procurador: Ângelo Correa.

     Em 1901 foi reeleito Presidente o Sr. Pedro Bauer, fazendo parte da diretoria ainda os Srs. Otto Moldenhauer (Tesoureiro), 2º Procurador o Sr. Angelo Rodi, Vice- Presidente Julio Galle, 1º Secretário o Sr. Dorval Paulino de Campos, 2º Secretário João Bauer Júnior, 1º Procurador o Sr. Criste Fermino. O Sr. Dorval Campos assumiu ainda a Diretoria da banda de  Música do Clube.

 

 

 

Antiga sede do Clube de Atiradores

Acervo do Arquivo Público de Itajaí - SC

 

 

 

 

 

 Foto da diretoria e alguns associados do Clube Atiradores de Itajaí, entre eles Marcos Gustavo Heusi, Alfredo Eicke, Victor Konder, tirada em 27 de agosto de 1929.

Acervo do Arquivo Público de Itajaí SC

 

 

A participação das pessoas em uma dessas agremiações era tornada pública através das listas das diretorias, dos participantes e dos vencedores dos torneios. a sociedade dos Atiradores de Itajahy promovia a escolha do Rei do Alvo e do Rei do Cervo, festas tipicamente alemãs, organizadas e frequentadas principalmente por pessoas de origem alemã. Os Jornais comentavam as bonitas festas promovidas, na qual reinava sempre a maior alegria. Tipos de festas que faziam parte dos espaços de diversão compartilhados por uma parcela dos imigrantes de língua alemã, mas que não excluía a participação de brasileiros.

As principais atividades eram a prática do Tiro ao Alvo e Bolão, os Bailes programados pela Diretoria, e a festa do divino espírito santo.

Alguns nomes de vencedores e participantes de torneios de tiros: Guilherme Müller, Otto Moldenhauer, Ernesto Schneider,Germano Friese, Pedro Bauer, Julio Gern, Julio Willerding, Gabriel Heil, João Bauer Junior, José Dittrich, Adriano Kormann, Victor Olinger, Criste Fermino, entre outros.

 

 

 

   A sociedade dos Atiradores tem uma difícil reconstituição histórica. Em virtude do desaparecimento dos primeiros livros e documentos que guardavam a história de sua constituição e registravam os principais fatos sociais.Toda a documentação foi recolhida à Secretaria de segurança em Florianópolis, durante o período da segunda Guerra Mundial e outros documentos e objetos foram destruídos quando ocorreu a ocupação do prédio da Sociedade, por uma Companhia de batalhão do exército então aquartelado em Itajaí.

 

 

 

Fotografia tirada em frente a primeira sede do Clube dos Atiradores em 20 de agosto de 1899.

Acervo do Arquivo Público de Itajaí - SC

 

 

Atual sede do Clube de Caça e Tiro Vasconcelos Drumond, em Itajaí - SC

Acervo do autor

 

Atualmente e Sociedade continua, porém sob outra denominação: Clube de Caça e Tiro Vasconcelos Drumond. O antigo prédio foi substituído por outro de alvenaria. Assim, do velho Schuetezen Verein Itajahy restam apenas a tradição oral e as memórias deixadas por Juventino Linhares.Sua sede social está localizada na Rua Uruguai, próximo a Univali.

Um dos trabalhos de resgate histórico que estou realizando, é justamente sobre o Clube de Atiradores de Itajaí. Quem possuir fotos ou registros de torneios, documentos, etc.., e quiser colaborar, peço a gentileza fazer contato comigo, por e mail, ou diretamente com a Sra. Vera Estork, no Arquivo Público de Itajaí:

Rua Lauro Müller 335, centro, Itajaí -SC

F: (47) 348 1886

 

 

Fontes de Consulta:

  • O QUE A MEMÓRIA GUARDOU, Juventino Linhares, Itajaí,1997, Editora da Univali, 329p;

  • PEQUENA HISTÓRIA DE ITAJAÍ, Edson D Ávila, Itajaí, Edição da prefeitura Municipal de Itajaí, 1982, 156p. il.

  • ITAJAÍ DE ONTEM E DE HOJE, Afonso Luiz da Silva, Brusque, Gráfica do Município, 19, 65p, il.

  • FAMÍLIAS DE ITAJAÍ, MAIS DE CEM ANOS DE HISTÓRIA, Marlene Dalva da Silva Rothbarth, Lindinalva Deólla da Silva; Itajaí, 2001, Editora e Gráfica Odorizzi,  240 p. il;

  • ITAJAI, CEM ANOS DE MUNICIPIO, Laércio Cunha e Silva, itajaí:

  • SCHÜTZENVEREIN ITAJAHY, Pesquisa inédita, Carlos Henrique Müller;
     

Retornar a página principal

  1