Page archived courtesy of the Geocities Archive Project https://www.geocitiesarchive.org
Please help us spread the word by liking or sharing the Facebook link below :-)


BIONÉTICA

NINGUÉM NUNCA FOI TÃO LONGE

Copyright© 2001 - 2007 Bionética - Todos os direitos autorais reservados.

Como Jogar

Ética à Mesa




O ÉTICA À MESA

O RPG costuma ser conhecido pela conduta ruim de alguns poucos jogadores. Mas isso são exceções, os casos mais comuns são jogadores que tentam ser os advogados das regras discutindo com o Mestre do jogo ou que tentam roubar a cena. Por isso, aqui vai algumas instruções de como você deve se comportar durante um jogo de RPG para que todos se divirtam na mais pura paz.

O mais importante e a 1ª de todas as regras da boa conduta é: Nunca se esqueça de que o RPG é apenas um jogo — e um jogo onde ninguém ganha ou perde. Não vale a pena discutir com um jogador porque personagem dele matou o seu; é só um personagem de mentirinha. Não brigue com o Mestre porque recebeu uma maldição; a maldição é imaginária. Não se irrite por nada, qualquer coisa, é só começar de novo. Seja maduro.

Quando participar de uma partida como visitante em um grupo já formado, seja como jogador ou como Mestre, esteja preparado para manter a mente aberta. Não existe uma maneira certa ou errada de jogar RPG, e cada grupo tem sua própria maneira de jogar, sua própria visão das regras. Se você tentar impor seu próprio estilo aos outros, vai estar inibindo-os de jogar com autenticidade.

Não roube a cena. É verdade que um único jogador pode ser responsável pelo sucesso de toda a aventura, mas não force a barra para ser esse jogador. Deixe os companheiros agirem também. Alguns jogadores são tão chatos que o Mestre joga seus personagens em calabouços, amarrados, amordaçados e inconscientes — e nem assim eles deixam os outros falarem!

Não tente colocar o Mestre na parede. Nada mais chato que um “advogado de regras” que tenta invocar regulamentos obscuros para sair de uma situação difícil (“segundo a pág. 940 do livro de regras básicas você não pode fazer isso!”). Prefira sair da enrascada com uma solução criativa, e o Mestre irá recompensá-lo por isso. Confie no Mestre. O papel dele é divertir os jogadores, e não jogar contra eles (além de que todos ficaram mais contentem com o fluir do jogo). Por outro lado, se você é Mestre, leia a seção “Como Mestrar” deste site.

LEONARDO ZEGUR
Bionética

   
 
 
 
 
 
1